Relative Values é um projeto de pesquisa de Paul Heritage na People’s Palace Projects (Queen Mary University of London), financiado pelo Arts and Humanities Research Council. Ao aproximar parceiros da academia e externos a ela, a pesquisa estuda como medir e fortalecer práticas e políticas que maximizem o valor econômico e social das artes para os indivíduos e a sociedade, particularmente em áreas urbanas periféricas. Desenvolvido a partir de um estudo de caso conduzido durante o projeto de pesquisa anterior de Paul Heritage, entitulado The Art of Cultural Exchange, este novo projeto tem por objetivo contribuir com o conhecimento sobre valor cultural e permitir que, conjuntamente, as quatro organizações participantes testem modos efetivos para mostrar como as artes podem ser incubadoras de iniciativas da economia criativa que desenvolvam comunidades resilientes e tranquilas.

O projeto conta também com a participação do professor Leandro Valiati e sua esquipe de pesquisa do Núcleo de Estudos em Economia Criativa e da Cultura, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). O objetivo é descobrir maneiras efetivas de possibilitar que organizações artísticas de pequena escala possam medir e incrementar seu próprio valor cultural em relação às especificidades da economia criativa local.

Reunidas em torno do projeto Relative Values, as organizações brasileiras e britânicas Agência de Redes para a JuventudeRedes da MaréContact Theatre (Manchester) e Battersea Arts Centre (Londres) utilizarão uma metodologia de pesquisa que visa ajudar organizações a mapearem e relatarem seu impacto nos territórios em que operam.

Os resultados da pesquisa serão compartilhados em eventos públicos no Rio de Janeiro, em Londres e Manchester em 2018. O relatório final tornará públicas as ferramentas da metodologia do projeto para que organizações as adaptem e criem seu próprio modelo para avaliar e relatar o valor de seu trabalho nos territórios em que estão inseridas.