Fórum Shakespeare em São Paulo irá oferecer três séries de oficinas gratuitas com renomados diretores internacionais entre os dias 08-11 de maio no CCBB para 60 atores e diretores. Serão 4 dias de oficinas (quinta à domingo, 08-11 de maio) e um dia de apresentação pública (segunda, 12 de maio), de acordo com as informações abaixo.

Devido ao grande número de inscrições, o Fórum oferece vagas extras para cada uma das oficinas. Todos os selecionados irão receber um email confirmando a participação nas oficinas, que deve ser respondido até o dia 30 de abril (quarta-feira). Após essa data, outros inscritos que estão na lista de espera serão convocados para substituir aqueles que não confirmaram.

 

1. Oficina com Anirudh Nair, diretor teatral do Wide Aisle Productions (Índia)| qui, sex, sáb e dom, 09.00-13.00 (manhã) – 20 vagas

Aline Cristina de Souza

Ana Lúcia Felipe

Augustinho Carvalho Dantas

Barbara Catheline Danielli

Bruno Trentino de Souza

Caroline Graeff

Claucio André Nunes de Oliveira

Diego Rodrigo Jacinto

Douglas Pinheiro

Guilherme Fernandes Leite

Iara Fortuna

Igor Bruno Dias

Jessica Seciliano

José Carlos Verâncio Pereira

José Lindemburg Farias da Silva

José Roberto Lima Santos

Ludmila Facella

Maria Emilia Faganello

Marlene Fortuna

Max Martins Ferreira

Natacha de Mendonça

Nina Menezes Ricci

Paulo Roberto de Assis Franco

Raphael Rodrigues

Sheyna Teixeira Queiroz

2. Oficina com Helen Leblique, Preparadora Associada da Royal Shakespeare Company (Reino Unido)| qui, sex, sáb e dom, 14.00-18.00 (tarde) – 20 vagas

Adriana Martins da Silva

Alana Cartoci Gardin

Alex Akira Monteiro de Lima

Andreia Aparecida Marques

Bianca Aidar Dias

Bianca Muniz Pontes de Almeida

Camila Ziviani

Carla Clara Verna Vargas

Eduardo Rangel Marcondes

Elaine Aparecida Jesus da Silva de As

Fernanda Paula Capraro de Toledo

Flavio Henrique Bregantin

Gabriel Candido

Gustavo Pilão Ramos

Isabela Carolina Rossi

Jeferson Santiago de França

Joaquim Aquino Miranda

Jocteel Jonatas de Salles

Luiz Paulo de Campos Siqueira

Marcelo Santos

Márcia Gonzaga de Jesus Freire

Ricardo Venturin Santana

Sidneia Regina Tavares

Silvia Malammzu

Verônica Pontes

3. Oficina com Vik Sivalingam, Preparador Associado da Royal Shakespeare Company (Reino Unido)| qui, sex, sáb e dom, 14.00-18.00 (tarde) – 20 vagas

Amanda F. P. de Almeida

Ana Raquel Gonçalves Machado

André Raz Franco de Santana

André Renato Lavesso Mendes

Camila Turin Jerez

Charles Dalan Jesus dos Santos

Elaine Cristina Barbosa Silva

Guilherme Bevilaqua Moisés

Henrique Yukio Okano Vidal

Karine Margarida De Felice

Katiuscia Santos de Oliveira

Keyth Pracanico

Lais Vieira e Silva

Lucas Vieira Bono Zamaia

Maira Helen de Jesus Nappo

Malu Paixão Garcez

Miriele Abreu

Regiane Lopes Ferreira

Renata Aparecida Antunes da Silva

Simone Bencke

Suzana da Rocha Araujo

Tairine Silva do Nascimento

Thereza Christina Romão Gomes

Victor Mello Cantagesso

William Felix Gutierre

 regulamento

As inscrições se encerraram no dia 20/04 às 23h59. 

 

Anirudh Nair
Anirudh Nair

Sobre Anirudh Nair e sua oficina

Anirudh Nair (Rudy) é ator, diretor e preparador baseado em Nova Déli. Rudy é mestre em Práticas Teatrais pela Universidade de Exeter, no Reino Unido. Em 2005, ele fundou a Wide Aisle Productions (WAP),  uma companhia comprometida em trazer rigor profissional à produção teatral independente na índia, com grande ênfase no treinamento técnico. O trabalho realizado pela companhia é focado no estudo de textos clássicos, especialmente as obras de Shakespeare. As mais recentes produções da WAP incluem  Conto de Inverno (co-dirigida por Anirudh) e também Conheça Will (um projeto dedicado a tornar a produção de Shakespeare acessível a crianças e jovens, através de workshops e performances). Anirudh também é membro da Moon Fool, uma cia focada em teatro físico, com sede em Londres. Moon Fool é composta por um grupo de artistas internacionais que treinam e trabalham juntos, desenvolvendo um vocabulário contemporâneo, guiado pela dinâmica da fisicalidade e trilhas sonoras originais. A mais nova produção da companhia é Tempestade (baseado na obra A Tempestade, de Shakespeare). A montagem estreará durante o verão na capital inglesa.

Nos quatro dias de oficina, Anirudh irá explorar a profunda conexão entre o corpo em movimento do ator e a sua imaginação. Como utilizar o corpo em movimento para exercitar a imaginação, para se abrir ao ápice emocional necessário para se conectar à obra de Shakespeare? Os participantes serão apresentados, individualmente e em grupos, a uma série de estruturas e rotinas derivadas e adaptadas por grandes nomes, como Chekhov e Staniewski. Arinudh irá explorar o gestual corporal derivado e adaptado das técnicas psicológicas de gestos de Chekhov, o desenvolvimento de acrobacias simples, e a consequente interação do textual entre os participantes, que irão escolher um soneto de Shakespeare, a partir de uma lista fornecida, para explorar. O trabalho realizado na oficina é intenso emocionalmente e fisicamente, sempre buscando força e apoio nos parceiros e grupos.

 

Helen Leblique
Helen Leblique

Sobre Helen Leblique e sua oficina

Helen é formada em Inglês e Literatura pela Warwick University e concluiu mestrado em Encenação de Shakespeare na Exeter University. Ela trabalha como educadora na Royal Shakespeare Company (RSC) e também no Shakespeare’s Globe, além de ministrar workshops sobre Shakespeare internacionalmente.  Entre as peças que dirigiu estão: The Man Who Pays the Piper, Trifles, Playgoers, The Twelve Pound Look, uma leitura ensaiada de Up the Duff (no Orange Tree Theatre); Deathtrap, Lettice and Lovage, Table Manners and Round and Round the Garden (no Sheringham Little Theatre); Sonho de Uma Noite de Verão, Muito Barulho Por Nada (no Clifftown Theatre, East 15 Acting School); Pink (uma leitura ensaiada na Royal Shakespeare Company); e The Price (também na RSC, Hampstead Studio). Como Assistente de Direção, Helen trabalhou na Royal Shakespeare Company por três anos, com David Farr em Conto de Inverno, Michael Boyd em Antonio e Cleópatra, Anthony Neilson em The Drunks, e Roxana Silbert em Little Eagles. Outros trabalhos como Assistente de Direção, incluem: Far From the Madding Crowd, (English Touring Theatre); War and Peace (Shared Experience); The Madras House, Major Barbara, The Pirates of Penzance, The Tragedy of Nan (Orange Tree Theatre); e Hysteria (Northcott Theatre, Exeter).

Oficina Shakespeare, Shakespeare, o mundo é um palco

Explorando discursos, diálogos e cenas, o workshop busca revelar as dicas de performance que Shakespeare dá aos atores em seus textos. Através de exercícios simples, porém extremamente eficazes, os participantes irão experimentar as palavras do autor de maneira visceral, descobrindo como se conectar intimamente com os pensamentos e sentimentos dos personagens que interpreta. O encontro explora técnicas que abrem um caleidoscópio de possibilidades para interpretar as cenas escritas pelo autor. Experiência prévia com sua obra não é necessária, venha apenas com a mente aberta, energia e vontade fazer das palavras de Shakespeare, as suas.

 

Vik Sivalingam
Vik Sivalingam

Sobre Vik Sivalingam e sua oficina

Vik Sivalingam nasceu na Malásia, mas tem seu trabalho sediado no Reino Unido. Em mais de 25 anos de experiência, ele já trabalhou como diretor, diretor de movimento, docente e coreógrafo. Vik concluiu seu mestrado em Direção de Teatro na Birckbeck University of London e já trabalhou em teatros por todo o Reino Unido, incluindo: Almeida Theatre, The Old Vic, The Royal Court, Tricycle Theatre, Southwark Playhouse, Sheffield Crucible, The New Wolsey Theatre e Headlong Theatre. Vik Sivalingam foi Diretor Residente da Royal Shakespeare Company (RSC) e hoje atua na mesma companhia como Preparador Associado do Departamento educativo, tendo feito pós-graduação em Ensino de Shakespeare através da parceria RSC/Warwick University.

Oficina Shakespeare, assunto sério ou brincadeira? 

Por que os atores e diretores têm pânico de encarar Shakespeare? Qual a razão desse pavor? Trabalhando com excertos de várias peças, Vik vai investigar o texto shakespeariano, buscando pistas que ajudam a contar a história de cada uma das obras exploradas. O diretor irá utilizar técnicas simples e eficazes para descobrir a linguagem e os personagens. Durante as 4 sessões de workshops, os atores e diretores irão trabalhar em monólogos, diálogos e cenas em grupo, focando nos fundamentos da arte do palco: trabalho coletivo, projeção, fisicalidade e personagem. Não é necessária experiência prévia com textos clássicos, apenas a vontade de entrar no jogo de cena a sério para se divertir, exatamente como Shakespeare pretendia que sua obra fosse encarada.

Informações importantes

Os participantes das oficinas se comprometem a participar da masterclasse aberta para o público no dia 12 de maio, das 19.00 às 21.00 no CCBB, e de sua preparação/ensaio no horário da tarde.

O processo de seleção será realizado por uma comissão, que levará em consideração o impacto da contribuição das oficinas na vida profissional do candidato. Por isso sugerimos que os candidatos se empenhem na construção da Carta de Intenção no momento da inscrição. Todas as oficinas contarão com tradutores.

 

O Fórum Shakespeare é uma realização do Centro Cultural Banco do Brasil e do Ministério da Cultura com produção da People’s Palace Projects e People’s Palace Projects do Brasil. O Fórum faz parte do programa Transform do British Council e conta com o apoio do Arts Council EnglandQueen Mary University of LondonThe University of Warwick e da Fundação Nacional de Artes – Funarte.

 

Fórum Shakespeare São Paulo
07 a 12 de maio de 2014
Endereço: Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo
Rua Álvares Penteado, 112 – Centro
CEP: 01012-000 | São Paulo (SP)
Tel. (11) 3113-3651/3652 / bb.com.br/cultura –ccbbsp@bb.com.br
Funcionamento: de quarta a segunda, das 9h às 21h