Fórum Shakespeare em Belo Horizonte irá oferecer duas séries de oficinas gratuitas com renomados diretores internacionais entre os dias 01-04 de maio no CCBB para 40 atores e diretores. Serão 4 dias de oficinas (quinta à domingo, 01-04 de maio) e um dia de apresentação pública (segunda, 05 de maio), de acordo com as informações abaixo:

Devido ao grande número de inscrições, o Fórum oferece vagas extras para cada uma das oficinas. Todos os selecionados irão receber um email confirmando a participação nas oficinas, que deve ser respondido até o dia 23 de abril (quarta-feira). Após essa data, outros inscritos que estão na lista de espera serão convocados para substituir aqueles que não confirmaram.

1. Oficina com a atriz, diretora e escritora Jo Kukathas, The Instant Café Theatre Company (Malásia)| qui, sex, sáb e dom, 09.00-13.00 (manhã) – 20 vagas

Alex Dias da Costa

Alex Zanonn

André do Carmo Otoni

Aryanne de Souza Martins Corrêa

Bárbara Lima de Souza

Camila Silva Trindade

Camilla Farias Ramalho

César Augusto da Glória Campos Júnior

Daniela de Castro Lima

Giovanna Maria Arantes de Almeida

Guilherme Augusto Diniz

Ionete Morais Lopes

Jéssica Lauriano dos Santos

João Paulo Valadares Coimbra

Junia Flor

Kotoe Karasawa

Luiz Gilmar de Castro Furtado

Marcel Felipe Alves de Souza

Meibe Ferreira Rodrigues

Robson Nunes Vieira

Shirley Magda Oliveira dos Reis

Solande de Cássia Paula

Thaíssa Trancoso Gomes

Virginia Lemes Nogueira

Wesley Nascimento Simões

2. Oficina com Helen Leblique, Preparadora Associada da Royal Shakespeare Company (Reino Unido)| qui, sex, sáb e dom, 14.00-18.00 (tarde) – 20 vagas

Alessandra Carneiro de Mendonça Chagas Ribeiro

Almezina Gonçalves Vieira

Ana Eliza Teixeira

Bruna Betito Esbrilli

Bruna Cunha Eloi Santos

Carlos Henrique Rodrigues Silva

Daniane Gonçalves Reis

Davidson Maurity Lima Araújo

Eduardo Siqueira Coelho

Fabiana Loyola Gomes

Flora Cunha Lucena

Gabriel Mendes Siqueira

Gleisom junio peixoto

Heverton Ferreira Alexandre

José Nildo Bezerra Monteiro

Karine Marília Terrinha

Lucas Emanuel Silva Araújo

Maria Fernanda de Hollanda Vianna

Myriam Pessoa Nogueira

Pedro Gaban Petindá Moreira

Robison Breno Oliveira Carvalho

Silvia Goes Caram

Simone Aparecida Leite

washington Gomes Valgas

Weslaine Wellida Gomes

Leia o regulamento

As inscrições se encerraram no dia 13/04 às 23h59. O resultado será divulgado nessa mesma página no dia 19/04.

 

Jo Kukathas
Jo Kukathas

Sobre Jo Kukathas e sua oficina

Jo Kukathas é atriz, escritora e diretora de origem malaia, conhecida pelo seu trabalho de teor político e por suas comédias satíricas. Seu trabalho reflete a diversidade étnica, religiosa e cultural da Malásia e as tensões que existem no país. Sua montagem de Sonho de Uma Noite de Verão, produzida em colaboração com uma companhia de dança clássica indiana, conduziu a plateia por um sonho hindu perdido nas florestas do tempo e da modernidade. Em O Mercador de Veneza, Jo explorou as tensões raciais e religiosas representando Shylock num mundo de imigrantes chineses, Antônio pertencendo à cultura malaia muçulmana, e ambos em conflito com o mundo hedonista da juventude. Em Noite de Reis, ela colocou uma banda de rock tocando ao vivo no palco. Seu trabalho de escopo internacional inclui a direção de The Island in Between, de sua autoria,  produzida com designers e atores da Malásia e do Japão. Ela também participou de uma colaboração de 3 anos entre escritores e diretores da Indonésia, Tailândia, Singapura, Filipinas e Malásia, que criaram o complexo espetáculo multilinguístico Hotel Grand Asia, em Tóquio. Ela tem especial interesse em dirigir trabalhos escritos em diversos idiomas e que problematizam questões de gênero. Ela já atuou como MacBeth e Mercutio – e como vários outros personagens masculinos e femininos, em diversas produções. Seu trabalho foi visto na Austrália, Japão, Nova Iorque e Singapura. Seu pai foi responsável por lhe apresentar Shakespeare, quando ela se encantou pelo trabalho do bardo, aos oito anos de idade.

Oficina Shakespeare, xamã e mágico

Magia, imaginação, xamanismo e os tolos e os loucos de Shakespeare. O teatro malaio tem em suas raízes as práticas de cura xamã e a noção de que o teatro é o mundo real virado de cabeça para baixo. As mulheres interpretam príncipes, os tolos são sábios, e o mundo das sombras (ou wayang kulit) é a cena que assistimos. O workshop irá explorar o mundo revirado dos loucos e sábios de Shakespeare, dos tolos que falam a verdade desafiando o poder, e dos homens e mulheres que vivem à beira da loucura. O que está por trás de suas palavras selvagens? O quanto o teatro pode virar o mundo de cabeça para baixo? O quão subversiva é a imaginação? Qual mágica áspera Shakespeare pode oferecer ao teatro contemporâneo? O literal triunfou sobre a imaginação em nosso teatro contemporâneo? Por que precisamos de metáforas mais do que nunca? E o que os tolos estão realmente dizendo?

 

Helen Leblique
Helen Leblique

Sobre Helen Leblique e sua oficina

Helen é formada em Inglês e Literatura pela Warwick University e concluiu mestrado em Encenação de Shakespeare na Exeter University. Ela trabalha como educadora na Royal Shakespeare Company (RSC) e também no Shakespeare’s Globe, além de ministrar workshops sobre Shakespeare internacionalmente.  Entre as peças que dirigiu estão: The Man Who Pays the Piper, Trifles, Playgoers, The Twelve Pound Look, uma leitura ensaiada de Up the Duff (no Orange Tree Theatre); Deathtrap, Lettice and Lovage, Table Manners and Round and Round the Garden (no Sheringham Little Theatre); Sonho de Uma Noite de Verão, Muito Barulho Por Nada (no Clifftown Theatre, East 15 Acting School); Pink (uma leitura ensaiada na Royal Shakespeare Company); e The Price (também na RSC, Hampstead Studio). Como Assistente de Direção, Helen trabalhou na Royal Shakespeare Company por três anos, com David Farr em Conto de Inverno, Michael Boyd em Antonio e Cleópatra, Anthony Neilson em The Drunks, e Roxana Silbert em Little Eagles. Outros trabalhos como Assistente de Direção, incluem: Far From the Madding Crowd, (English Touring Theatre); War and Peace (Shared Experience); The Madras House, Major Barbara, The Pirates of Penzance, The Tragedy of Nan (Orange Tree Theatre); e Hysteria (Northcott Theatre, Exeter).

Oficina Shakespeare, Shakespeare, o mundo é um palco.

Explorando discursos, diálogos e cenas, o workshop busca revelar as dicas de performance que Shakespeare dá aos atores em seus textos. Através de exercícios simples, porém extremamente eficazes, os participantes irão experimentar as palavras do autor de maneira visceral, descobrindo como se conectar intimamente com os pensamentos e sentimentos dos personagens que interpreta. O encontro explora técnicas que abrem um caleidoscópio de possibilidades para interpretar as cenas escritas pelo autor. Experiência prévia com sua obra não é necessária, venha apenas com a mente aberta, energia e vontade fazer das palavras de Shakespeare, as suas.

 

Informações importantes

Os participantes das oficinas se comprometem a participar da masterclasse aberta para o público no dia 05 de maio, das 19.00 às 21.00 no CCBB, e de sua preparação/ensaio no horário da tarde.

O processo de seleção será realizado por uma comissão, que levará em consideração o impacto da contribuição das oficinas na vida profissional do candidato. Por isso sugerimos que os candidatos se empenhem na construção da Carta de Intenção no momento da inscrição. Todas as oficinas contarão com tradutores.

 

O Fórum Shakespeare é uma realização do Centro Cultural Banco do Brasil e do Ministério da Cultura com produção da People’s Palace Projects e People’s Palace Projects do Brasil. O Fórum faz parte do programa Transform do British Council e conta com o apoio do Arts Council EnglandQueen Mary University of LondonThe University of Warwick e da Fundação Nacional de Artes – Funarte.

 

Fórum Shakespeare Belo Horizonte
30 de abril a 05 de maio de 2014
Endereço: Centro Cultural Banco do Brasil Belo Horizonte
Praça da Liberdade, 450 – Funcionários
CEP: 30140-010 | Belo Horizonte – MG
Tel. (31) 3431-9400 / bb.com.br/cultura – ccbbbh@bb.com.br
Funcionamento: de quarta a segunda, das 9h às 21h