Estão abertas os testes de elenco para montagem de O Mercador de Veneza, com direção de Catherine Paskell. A  estreia da montagem está prevista para 12 de maio no Centro Cultural Banco do Brasil de Belo Horizonte.

CLIQUE AQUI PARA SE INSCREVER

O Fórum Shakespeare 2016 está com inscrições abertas para o teste de elenco de uma nova montagem do clássico “O Mercador de Veneza”, de William Shakespeare, com direção da diretora teatral e dramaturga inglesa Catherine Paskell. Catherine é uma das fundadoras do National Theatre Wales, é Fellow do Programa de Liderança do Clore, e faz parte da lista das 25 mulheres mais poderosas e influentes no teatro Galês feita pelo Western Mail.

Os candidatos do processo seletivo devem ter disponibilidade para participar dos ensaios da peça, que ocorrem em Belo Horizonte entre os dias de 11 de abril e 12 de maio em período integral, e às performances no CCBB BH, entre os dias 12 e 22 de maio de 2016. Os atores contratados devem também estar disponíveis para remontagens da peça em outras cidades do Brasil em 2016.

O casting do espetáculo será composto por nove artistas. Não é preciso ter fluência em inglês para concorrer à vaga. Sob exclusiva e total responsabilidade logística e financeira do projeto “Fórum Shakespeare”, os atores selecionados para o elenco da peça receberão cachê e diárias de alimentação para os períodos de ensaio e apresentações. Eles devem ter disponibilidade para ensaiar oito horas por dia, seis dias por semana, entre o período de 11 de abril a 22 de maio de 2016.

As inscrições no curso são feitas pelo site da People’s Palace Projects até o dia 14 de março, às 23:59. Os candidatos devem escrever uma carta de interesse e um breve currículo. Depois da análise curricular, os participantes selecionados serão convocados por e-mail, até o dia 18 de março, para enviar um vídeo apresentando um breve monólogo da peça (instruções serão enviadas por email) até o dia 21 de março, às 23:59. No dia 24 de março, iremos divulgar o nome dos candidatos selecionado para as audições presenciais, que acontecerão nos dias 31 de março e 01 de abril em Belo Horizonte.

Confira abaixo um resumo do processo seletivo:

– 07 a 14 de março: inscrições online
– 18 de março: divulgação dos selecionados para enviar vídeo apresentação
– 18 a 21 de março: envio de vídeo apresentação
– 24 de março: divulgação dos selecionados para audições presenciais
– 31 de março e 01 de abril: teste de elenco presencial em Belo Horizonte
– 11 de abril a 22 de maio: ensaios e performances

Em caso de dúvidas, por favor envie email para: thiago.jesus@peoplespalace.org.uk

Sobre Catherine Paskell

Catherine é um diretora de teatro independente de Cardiff, capital do País de Gales e colabora com dramaturgos, comediantes e outros artistas para criar performances imaginativas e socialmente engajadas. Ela é diretora artística da premiada companhia de teatro Dirty Protest. Sua produção mais recente, a turnê nacional de Parallel Lines ganhou o prêmio de Melhor Produção em Inglês do Critics’ Choice Award .

Como Criadora Associada e membro fundador da National Theatre Wales, Catherine dirigiu The Beach e ajudou a construir a companhia nacional que se tornou uma organização líder da indústria. Catherine também foi diretora de companhias como Sherman Cymru, Unity Theatre Liverpool, Bolton Octagon, Oldham Coliseum, Arts Theatre London, Lyric Hammersmith, Tara Arts, Soho Theatre e Theatre 503.

Com mestrado em Direção Teatral pela Birkbeck, University of London, Catherine faz parte da lista das 25 mulheres mais poderosas e influentes no teatro Galês feita pelo Western Mail e é Fellow do Programa de Liderança do Clore e da RSA (Royal Society for the encouragement of Arts, Manufactures and Commerce).

A montagem de “O Mercador de Veneza”, dirigida por Catherine Paskell, faz parte do Fórum Shakespeare, projeto que explora, representa, repensa e celebra o legado do mais famoso dramaturgo do mundo. O Fórum Shakespeare é uma realização do Centro Cultural Banco do Brasil e do Ministério da Cultura com produção da People’s Palace Projects e People’s Palace Projects do Brasil. O Fórum faz parte do programa Transform do British Council e conta com o apoio do Arts Council England, Queen Mary University of London e Funarte.